sábado, 1 de maio de 2010

O ABATE DA CARNE BOVINA


A reunião com o Ministério Público e os açougueiros de Santa Luzia, ocorreu no dia 27 de Abril e teve como principal foco o abate clandestino. Pois há 150 dias, foi assinado um termo de ajuste de conduta com os comerciantes a qual os mesmos aguardariam a conclusão do novo matadouro. Entretanto, como não foi alcançado o objetivo, o abate seria proibido, mas a promotora  muito solidária a problemática do município resolveu marcar uma nova reunião em Belém com representantes da Adepará, M. Público, Sagri , os Açougueiros de Santa Luzia do Pará  e Prefeitura Municipal para juntos construir uma solução alternativa para atender a demanda de carne. Com isso espera-se que seja firmado outro TAC a qual o município apresentará nesta reunião um projeto de conclusão do novo matadouro nas mínimas condições, atendendo tanto as necessidades de abate de carne quanto respeitando as condições de higiene e sanidade dos animais que serão abatidos.

Nenhum comentário: