domingo, 30 de outubro de 2011

Halloween ou Dia do Saci?

Por @rogeriocorrea13     

Limitar a comemoração à disciplina de inglês pode ser uma boa alternativa, bem como introduzir, de maneira sutil, a questão da influência de outras culturas graças à imigração e à globalização. Vale apenas também apontar às crianças as diferenças culturais entre os vários países e até, quem sabe, discutir o choque cultural.

Voltar às atenções no mês de outubro para o Dia das Bruxas é realmente um problema. É preciso ter cuidado e lembrar às crianças que, originalmente, esta data não faz parte da nossa história e tradição. Pensando nisso que estamos propondo ao congresso federal o Dia do Saci, o mesmo dia 31 de outubro. Coincidência? Sem dúvida que não, a iniciativa é uma forma de valorizar a cultura brasileira e tentar coibir a americanização, já que, no imaginário do povo Brasileiro, o Saci Pererê é um símbolo.

Integrar o inglês com as demais disciplinas, proporcionando discussões que vão além da comemoração do Halloween é uma boa maneira de não enaltecer a data de forma prejudicial. É interessante estudar inicialmente a própria cultura, para depois conhecer as demais. É preciso Realizar um projeto sobre o folclore brasileiro para aproxima as crianças da cultura local e ajudar a introduzir a questão da influência da americanização. Esperamos que nossos educadores estejam fazendo exatamente isso neste mês de outubro, Trabalhando com interdisciplinaridade e feiras culturais, com ajuda de livros sobre lendas colocando os alunos frente a frente com uma coisa extremamente brasileira e assim os preparando para conhecer novas culturas.

Um comentário:

ANDERSON HIPÓLITO disse...

Não creio q seja valioso ou desmerecedor de uma análise, mas tanto a festa abrasileirada dos americanos quanto o folclore nacional resumido à um concorrente da data não são, no meu ponto de vista, algo q deva ser questionado no âmbito do congresso nacional ou de qualquer esfera dos superiores tribunais. O saci com certeza tem sua data assim como a festa de reveillon judaica ou o ramadã muçulmano.