quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A 'justiça' paulista é cega. Mas enxerga no escuro...

O delegado Protógenes Queiroz (PC do B-SP) foi condenado a três anos e onze meses de prisão pela Justiça Federal de São Paulo. Ele é acusado de vazar informações e forjar provas enquanto chefiava a Operação Satiagraha, que condenou o banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, a 10 anos de prisão por corrupção ativa.

Como se vê a justiça em São Paulo é rapida, quando lhe convém


Crimes do delegado:

1 - Prender Daniel Dantas

2 - Prender Naji Nahas

3 - Não aceitar suborno quando oferecido

4 - Investigar a corrupção nos 3 poderes, inclusive o Supremo de Gilmar Mendes

5 - Algemar os criminosos e recolher provas numa mega operação da policia federal

Nenhum comentário: