segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Paysandu sobe à Série B após seis anos

Depois de seis anos na Série C, o Paysandu garantiu neste sábado (10), em Macaé, o retorno à segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Mesmo perdendo por 3 a 2 para o time da casa, pelas quartas de final, se classificou porque havia vencido por 2 a 0 no Pará.

Os quatro semifinalistas da terceira divisão vão para a Série B de 2013. A catarinense Chapecoense, que eliminou o mato-grossense Luverdense, e o cearense Icasa, que superou o fluminense Duque de Caxias, já haviam avançado.

O clube paraense disputou a Série A pela última vez em 2005. Joga a terceira divisão desde 2007.No caminho para o título, agora, enfrenta o Icasa. Neste domingo (11), será conhecido o último classificado. Fortaleza e Oeste, que empataram por 1 a 1 em Itápolis, se reencontram na capital cearense. Os 13,5 mil ingressos foram vendidos mais de uma semana antes. A repetição do resultado provoca uma disputa de pênaltis. Empate a partir de dois gols classifica o clube paulista.

Subirão à Série C da próxima temporada o campeão invicto Sampaio Corrêa, do Maranhão empurrado por média de público superior a 35 mil espectadores em casa no mata-mata, o vice Crac, de Goiás, o Mogi Mirim, de São Paulo, e o Baraúnas, do Rio Grande do Norte.

Confira os jogos de volta das Quartas de Final da Série C:

Quinta-feira: Luverdense-MT 1x0 Chapecoense-SC [ida: 0x3]

Sexta-feira: Duque de Caxias-RJ 0x0 Icasa-CE [ida: 1x2]

Sábado: Macaé-RJ 3x2 Paysandu-PA [ida: 0x2]

Domingo: Fortaleza-CE x Oeste-SP [ida: 1x1]

O CAMPEÃO VOLTOU
Chegada a capital Paraense
2012 não começou muito bem para o Paysandu. Com um time formado basicamente por jogadores locais e das divisões de base, o Papão ficou apenas na 4ª colocação do Campeonato Paraense. Depois, com Lecheva no comando, o Papão consegui a primeira façanha do ano: chegou até as oitavas de final da Copa do Brasil, um fato inédito para o time da Curuzu.

Na Série C, o Papão repetiu alguns erros de anos anteriores. Antes de Lecheva, Roberval Davino e Givanildo Oliveira estiveram à frente da nação bicolor, com o primeiro contratando vários jogadores de fora. No entanto, brilhou mais forte a estrela de Ricardo Mendes, o Lecheva. Desde que entrou no comando da equipe, o grupo bicolor se soltou, se uniu mais e rumou para a vaga na Série B 2013.

Nenhum comentário: