quinta-feira, 28 de junho de 2012

Justiça obriga prefeito interino de Santa Luzia do Pará a pagar salários atrasados

A Juíza Betânia de Figueiredo Pessoa Batista, concedeu no ultimo dia 20 de junho o mandato de segurança,  deferindo o pedido de antecipação de tutela que obriga o prefeito interino Zaqueu Salomão a efetuar o pagamento imediato dos servidores municipais que vinham sendo perseguidos a 4 meses pela administração que chegou ao poder através de um golpe a soberania do povo Luziense.

O Governo que sofre a sua primeira derrota judicial por dar ouvidos aqueles que querem destruir o nosso município, terá 24 horas para executar a determinação, sob pena de bloqueio das verbas do município e multa diária de R$ 500,00 (quinhentos Reais) por cada servidor.

O referido mandato de segurança chegou em boa hora, mais ainda há muita perseguição a servidores públicos municipais que recusam-se em apoiar a candidatura a prefeito da atual administração, sendo que ainda tem muita coisa debaixo do tapete para o Ministério Público apurar.

2 comentários:

Anônimo disse...

Só lembrando que não foi atraves de um golpe que o prefeito atual esta no poder como vocês dizem, ou melhor foi um golpe sim mas quem deu esse golpe foi o Gedson juntamente com a "quadrilha solidaria", e a justiça só fez oque tinha a fazer. Vou refrescar a cuca de vocês: cade o dinheiro pra fazer o estadio? Pra construir o hospital, o ginasio, pra por o matadouro e a fabrica de açai em funcionamento? Sera que esta no meu bolso? No bolso é que não esta esta no bolso do Gedson , do Felipe da Viviane e etc... Agora me responde de quem foi o golpe afinal? Agora eu tambem não sou cego e acho muito errado esse negocio de perseguir funcionario, mas isso voces do PT sabem fazer muito bem tambem, porque voces não são santo, oq voces so sabem fazer é criticar mas quando estão no poder são pior que tudo e todos.

Anônimo disse...

Pura verdade!!!