segunda-feira, 2 de abril de 2012

Preço do Pescado é preocupante na Semana Santa

Nossa reportagem esteve na manhã de ontem no Mercado Municipal e constatou o que já era de se esperar. O aumento no preço do pescado está tirando o sono, principalmente dos católicos, que tem por convicção não comer carne vermelha, na sexta-feira Santa.

Para se ter uma idéia o quilo da pescada amarela, um dos mais consumidos, está custando R$ 18,00 com cabeça. Um dos peixeiros disse que este valor já é comercializado em Belém e que eles estão tendo prejuízos. Amanhã, terça-feira, espera-se uma grande quantidade de pescado no Mercado Municipal, pois nesta segunda-feira, a maioria dos profissionais da área, estará se dirigindo à Belém para tentar comercializar o produto à preço mais baixo.

“Mas é quase impossível disso acontecer. Se em Belém está desse jeito, acho que não conseguiremos vender o quilo do peixe mais barato”, disse o vendedor, preocupado com a fuga do consumidor.

Tambaqui, que é peixe de cativeiro, está tendo uma boa saída. A dourada que é peixe da água salgada, também está sendo bem vendida. Mas a maioria da população de baixa renda prefere o piau, o tamuatá, a gó e outros peixes menores e de valor abaixo dos peixes considerados especiais.

Mas se o consumidor preferir comprar o camarão seco e salgado, vai pagar pelo quilo R$ 40,00. Está sendo vendido nas imediações do Mercado.

Nenhum comentário: