sexta-feira, 16 de setembro de 2011

COMITÊ POPULAR EM DEFESA DA DEMOCRACIA E DO MANDATO DO PREFEITO LOURO

O movimento social de Santa Luzia do Pará, indignado com a articulação de alguns Vereadores vem a publico repudiar essa ARTICULAÇÃO que visa desestabilizar o Governo Democrático e Solidário e o município.
O Governo Democrático e Solidário vem nos últimos anos trabalhando e construindo um município que se desenvolve a olhos vistos, graças a ações que visam a construção de obras norteadas pelo desenvolvimento sistemático e programático.
Nestes seis anos e meio o Prefeito Louro e o governo solidário trabalharam com o planejamento participativo, com a mobilização permanente da sociedade, e com a definição estratégica das prioridades. Alcançamos a meta de inclusão social de mais de 3.000 famílias nos programas sociais, injetando na economia municipal em torno de R$ 300.000,00 todos os meses. 

Construirmos e mantermos a conservação anualmente de ramais e vicinais, reformas e construções de pontes, atendendo a população rural.
Pagamos os salários em dia, pagamos o décimo terceiro salário, o abono FUNDEB, férias, o que faz circular mais de R$ 1.000.000,00 de reais e que faz fortalecer o setor comercial e de serviços no município, gerando empregos.

A construção de escolas, reformas, a avaliação positiva de mais de 80% da população na saúde e na educação, significa que as ações e obras do governo municipal satisfazem a autoestima da população e promovem qualidade de vida.
A ampliação, reforma e climatização das Escolas Municipais João Gomes e Broca, e todas as escolas municipais que foram e estão sendo reformadas, contam com laboratório de informática, os programas de formação de professores (as), o acesso a universidade de dezenas de jovens, o plantão cidadão na saúde pública, 08 PSF’s, 04 equipes de saúde bucal, 60 ACS, todos os programas da saúde funcionando. Ainda este mês 400 novas famílias receberão cartão do Bolsa Família.

Obras como a Orla do Caeté, o Calçadão de Todos 1 e 2, a praça da Matriz, a iluminação Pública, 95% do programa Luz para todos já atendido.
O município de Santa Luzia do Pará, tem apenas 19.000 habitantes e uma área de 1.250 km quadrados. Participa na distribuição dos recursos federais com a cota de 1.2 no FPM, tem sua economia baseada na produção extrativa e agricultura familiar, mais a grande extensão de terras é ocupada por grandes fazendas ao longo da BR 316.

Para defender o voto popular que elegeu Louro duas vezes, Lançamos o COMITÊ POPULAR EM DEFESA DA DEMOCRACIA E DO MANDATO DO PREFEITO LOURO, e hoje sexta feira dia 16 de setembro conclamamos o povo para se mobilizar na defesa da democracia.
Seis vereadores reunidos após seis meses de muita polêmica, inicialmente numa articulação da atual mesa diretora da Câmara e comandados por um Vereador do PT, Robson Federal, e pautados em denúncias sem nenhum fundamento, passaram a acusar o governo Municipal de fraudes e desvios de dinheiro público. Utilizaram o relatório da CGU, que não é uma instituição que julga e condena, mas que investiga e encaminha ao Ministério Público.

O Prefeito Louro e seu governo não têm julgado nenhum crime de improbidade administrativa, e o que iniciou de forma atabalhoada, numa disputa de poder tentando constituir um novo bloco político, passou a ser uma confusão ideológica, pois reúne hoje inimigos políticos, pois passou a ser comandado pelo ex-deputado Adamor e a família Oliveira na tentativa de desestabilizar a política municipal e constituir-se como alternativa nas eleições municipais de 2012.

Convidamos a todos a juntarem-se a nós pressionando a Câmara de Santa Luzia do Pará, assinando solidariamente este manifesto.


VIVA A DEMOCRACIA!

2 comentários:

Anônimo disse...

Vocês cometem um equivoco. O Adamor nada tem a ver com a tentativa de afastar o louro.O movimento é originário do próprio PT, através da Lucia e do Robson. O PR tá pegando só a carona. Ou vocês queriam que o 22 apoiasse as bandalhas do Louro?
Se eu fosse vocês não acusava injustamente o Adamor, pois o mesmo está longe desse cenário.

Anônimo disse...

Se eu fosse petista eu não mexia com o dr. adamor.pois se ele botar o bloco dele na rua... ai,ai,ai