domingo, 31 de julho de 2011

Atirador da Noruega quer renúncia do governo em troca de declaração


O autor confesso do duplo atentado daNoruega, Anders Behring Breivik, exigiu a renúncia do governo de Jens Stoltenberg em troca de uma declaração íntegra sobre seus ataques, informa neste domingo (31) a televisão norueguesa "NRK".

O fundamentalista cristão e ultradireitista, responsabilizado pela morte de 77 pessoas no dia 22 de julho, em Oslo, foi interrogado pela polícia na sexta-feira (29). O depoimento durou dez horas.

Espera-se que na próxima semana ele seja examinado por dois psiquiatras legistas, que deverão elaborar uma sentença sobre seu estado mental até novembro.

Segundo informa neste domingo o jornal 'Aftenposten', seu primeiro atentado com carro-bomba no complexo governamental de Oslo atrasou por causa de um engarrafamento.

Além disso, ele chegou tarde ao acampamento das juventudes social-democratas na ilha de Utoeya, aproximadamente uma hora e meia depois, quando muitos presentes ao tradicional encontro político já tinham ido embora, entre eles a ex-primeira-ministra Gro Harlem Brundtland.

Nenhum comentário: