terça-feira, 22 de março de 2011

Óculos para TVs 3D começam a fazer parte do passado

A tecnologia de TVs 3D vem evoluindo a passos largos. Há cerca de um ano elas praticamente não existiam nas prateleiras; hoje, apesar do conteúdo ainda restrito, elas já são realidade. No mundo 3D, já existiam as vertentes dos óculos ativos (com baterias) e passivos. Mas hoje a Semp Toshiba apresentou um novo avanço: um aparelho que descarta a necessidade de qualquer tipo de óculos.
A TV é recoberta por uma película especial em que cada ponto normal é transformado em 9 pontos, que são exibidos em diversos ângulos. Essas imagens se sobrepõem, gerando uma sensação 3D, com uma resolução similar à de um aparelho 720p. Infelizmente, por exigir alto processamento, o tamanho da tela ainda é restrito. O modelo que estará disponível apenas no segundo semestre terá 20 polegadas. Apesar da tela pequena, o equipamento com toda a eletrônica é relativamente grande (foto) indo contra a tendência atual de modelos compactos.
Hoje a empresa é a terceira colocada no marketshare de TVs no Brasil, com 15%, atrás das coreanas Samsung e LG, que possuem 28% e 26,1% do mercado, respectivamente. “Não quero participar da corrida com as coreanas. Preferimos até recurar um pouco, mas crescer de forma sustentável”, explica Afonso Hennel, presidente da Semp Toshiba.
No campo 3D, outro lançamento foi o Notebook STI Aurex IS 1443D, que deve chegar aos consumidores ainda esse semestre. Baseado na nova geração Core, da Intel, o computador exibe imagens 3D com o uso de óculos passivos, sistema em que são geradas duas imagens simultâneas deslocadas, uma para cada olho.

Nenhum comentário: