sábado, 5 de março de 2011

Fundador de site de compartilhamento na internet agradece a Lula oferta de asilo político

O sueco Peter Sunde, um dos fundadores do Pirate Bay, fez palesta na maior feira de tecnologia digital da Alemanha (CEBIT), e exibiu a foto do presidente Lula ao fundo enquanto falava:
"Este é o presidente Lula da Silva, do Brasil. É um cara bem legal. Ele disse que eu poderia ir para lá [para o Brasil] quando estivesse com problemas [com a justiça sueca] - Peter, nós não temos tratado de extradição com a Suécia - ele me falou, e desde então eu amo o Brasil".
O convite se deu no 10º Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre, em 2009, quando Lula ainda estava na presidência da República.
O Pirate Bay é um site na internet para usários compartilharem arquivos, como músicas, filmes e games.
Peter Sunde foi condenado em 2010 a oito meses de prisão, em ação movida por grandes estúdios e gravadoras que acusam o portal de infringir leis de direitos autorais. Ele recorre em liberdade. Alega que o portal não hospeda nenhum arquivo "pirata", ele apenas conecta internautas que desejam compartilhar arquivos que estão em suas próprias máquinas. A responsabilidade pelos arquivos é do usuário.
Em 2009, quando Pirate Bay sofreu sua primeira condenação (uma multa de 3,6 milhões de dólares), Sunde disse:
“Mesmo que eu tivesse esse dinheiro iria preferir queimar tudo o que tenho e não dar a eles nem as cinzas disso".

Nenhum comentário: