terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Policiais civis desarticulam ponto de venda de drogas em Concórdia do Pará.

Policiais civis prenderam em flagrante Marcos Andrade Fernandes por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A prisão dele foi efetuada após cerco policial no ponto de tráfico de entorpecente do acusado, em Concórdia do Pará, região do Salgado. A prisão foi realizada pela equipe policial comandada pelo delegado Cristino Sanches Júnior com participação do investigador Gonçalo Saraiva e motorista policial Almir Pantoja. Segundo o delegado, o ponto de venda de drogas já era alvo de investigações por meio de informações coletadas na área. Os policiais chegaram ao acusado por meio da denúncia de que o traficante havia feito ameaças de morte ao padrasto utilizando uma arma de fogo. 
Logo após a denúncia, a equipe policial cercou o local usado na venda de entorpecente e ali prendeu Marcos Andrade. No imóvel, certa quantidade de maconha foi apreendida. Havia ainda no local um bar sem licença para funcionamento e três quartos nos fundos da casa que serviam como motel clandestino. Tudo foi fechado, assim como, o ponto de venda de drogas. O imóvel estava localizado em frente à escola pública Cristo Libertador.
O delegado Cristino Sanches explica que "o ponto de venda de drogas colocava em risco os alunos da escola, principalmente, os do turno da noite. O local era investigado, para que houvesse provas materiais e testemunhais suficientes para deflagrar uma operação policial". Após investigações, Marcos Andrade Fernandes foi preso em flagrante com uma arma de fogo calibre .38. No local, objetos foram apreendidos como meio de prova e o bar foi interditado totalmente. As ações policiais seguem diretrizes do diretor de Polícia do Interior, delegado Sílvio Maués, e do superintendente da Região do Salgado, delegado Edivaldo Nazareno Dias Lima.

Nenhum comentário: