sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

FETAGRI: UM PLANO DE LUTAS PARA ENFRENTAR A POBREZA

Fetagri reúne lideranças para discutir enfrentamento da pobreza
Durante a reunião, o deputado Valdir Ganzer destacou o importante papel do Governo Federal na regularização fundiária

Partindo da decisão de priorizar o enfrentamento à pobreza que a presidente Dilma Roussef anunciou em sua posse, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (FETAGRI – PA) reuniu suas principais lideranças estaduais em Belém, a fim de definir metas para alcançar esse e outros objetivos.

A firme interferência do INCRA como indutor de fixação do homem na terra, o aumento da produção agrícola, o desenvolvimento de novas tecnologias a disposição do homem do campo, a melhoria da infraestrutura em rodovias, vicinais, casas de moradia, os cuidados com o meio ambiente na recuperação das matas ciliares e limpeza de furos e igarapés foram algumas das medidas sugeridas para alcançar essas metas.

Segundo Euci Ana Costa, vice presidente da FETAGRI, há um entendimento nos debates que muitos trabalhadores rurais, nesses 30 anos de colonização da Amazônia, elevaram suas condições a produtores rurais e que o campo vem se industrializando muito rapidamente denotando uma nova realidade.

Durante a reunião, o deputado estadual Valdir Ganzer, que é produtor rural e convidado do evento, destacou o importante papel do Governo Federal na regularização fundiária que vem fixando o homem ao campo.

O deputado destacou também o programa Luz para Todos que já beneficiou cerca de 80% da zona rural, a diminuição das desigualdades com o aumento da renda do trabalhador brasileiro e a preocupação com os grandes projetos e seu impacto no meio ambiente como a implantação de hidrelétricas e a produção de biocombustível além do crescimento da agricultura familiar que tem aumentado consideravelmente a produção de alimentos em nosso país.

Os deputados Carlos Bordalo, Milton Zimermann e Zé Maria, da bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), também debateram com aos membros da FETAGRI, colocando a realidade das diversas regiões do Estado.

Todas essas questões serão bastante debatidas nos próximos encontros da FETAGRI a fim de subsidiar o fórum “Grito da Terra” que se realizará em Brasília no mês de maio reunindo milhares de agricultores de todo o Brasil.

Nesse fórum, os representantes do norte e nordeste, irão levantar os maiores problemas ligados à terra, como questões ecológicas, problemas fundiários, trabalho escravo, baixa produtividade, parcos recursos tecnológicos, como forma de respeitar as desigualdades e diminuir as diferenças.

No segundo semestre, anuncia Carmem Foro, coordenadora da Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), será realizado em Brasília a Marcha das Margaridas, evento que vai reunir cerca de 100 mil mulheres com o intuito de debater políticas voltadas para a firmação da mulher nos cenários do campo e da cidade.
Por Assessoria Deputado Valdir Ganzer em 25/02/2011

Nenhum comentário: