quarta-feira, 2 de junho de 2010

Professores encerram a greve após assembleia.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) encerrou, agora a pouco, a greve dos professores da rede estadual de ensino. A greve já durava 25 dias e afetou cerca de 600 mil alunos em todo o Estado. A decisão de encerrar a greve aconteceu após mais uma assembleia da categoria na tarde de hoje (1), no Conjunto Arquitetônico de Nazaré (CAN).
Segundo Conceição Holanda, presidente do Sintepp, a greve foi suspensa, mas os professores voltarão a paralisar nos dias 9, 15 e 15 se o plano assinado por eles não foi colocado em votação na Alepa, conforme foi acordado na reunião que aconteceu na manhã de hoje.

"Não suspendemos a greve porque o governo nos pressionou ou porque a Procuradoria Geral do Estado declarou abusividade da greve, mas sim para permitir que o plano tramite na Alepa", afirmou Conceição.
O calendário de reposição começa a ser discutido amanhã (2). O secretário da Seduc se reunirá com gestores de unidade da Seduc na escola e unidades regionais de ensino, para discutir o plano, e o resultado será divulgado em uma coletiva de imprensa.
A assembleia aconteceu após outra rodada de negociações na manhã de hoje, na Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), entre deputados, Sintepp e Secretaria de Estado de Educação (Seduc), na qual os grevistas assinaram o acordo e aceitaram a proposta do estado. Segundo o Sintepp, provavelmente a paralisação será encerrada na assembleia de hoje e as aulas serão reiniciadas amanhã (2).

Nenhum comentário: