quarta-feira, 2 de junho de 2010

Marina: "Lula ainda é inspiração para mim"

Dissidente do PT, a pré-candidata à presidência Marina Silva (PV) disse que ainda tem o presidente Luiz Inácio Lula da Siva como exemplo. "Ele foi e ainda é inspiração para mim", afirmou. Em visita ao Terra nesta terça, a candidata disse que "seria pretensioso" comparar sua trajetória à de Lula. Cabisbaixa, ressaltou: "Para mim, eventuais desencontros jamais irão suprimir o encontro da construção dos sonhos".

A senadora contou ainda que nunca sonhou em concorrer à presidência. "Isso nunca foi colocado como objetivo para mim. (...) Tudo o que eu queria era não morrer de hepatite, tendo tomado remédio para malária, e estudar para ser freira", lembra.

Questionada sobre o casamento gay, em entrevista, a pré-candidata deixou claro que possui posição contrária. Ela revelou que prefere perder votos daqueles que discordam de seu ponto de vista do que ter votos a qualquer custo. "Como sacramento, não acho que deva ser dado esse enquadre. Prefiro que o movimento gay, nesse aspecto diga: 'A Marina é diferente de mim'", ressaltou.

Diante de divergências entre sua concepções e diretrizes de seu partido, disse ser "uma pessoa de fé" e voltou a prometer um plebiscito para temas polêmicos como descriminalização do aborto e das drogas.

Sobre o combate à corrupção, a pré-candidata verde ressaltou a importância da velocidade do trabalho das instâncias jurídicas associado a um controle social. "É fundamental que a Justiça e o Judiciário possam ser mais ágeis na punição do contraventor", disse.

Nenhum comentário: