segunda-feira, 24 de maio de 2010

Governadora entrega máquinas e prestigia Festival em Floresta do Araguaia.

A população do município de Floresta do Araguaia, região do Araguaia, recebeu com festa a governadora Ana Júlia Carepa, por volta de 11 horas deste sábado (22), na PA-449, a Estrada do Bambu. Depois de descer de helicóptero e seguir de carreata até a feira coberta, onde ocorreu o 17º Festival do Abacaxi, a chefe do Executivo paraense entregou mais um kit de máquinas do programa Faz Estrada. Desta vez, a capital mundial do cultivo do abacaxi recebeu uma caçamba, uma pá carregadeira, uma moto niveladora e um trator de pneu. O prefeito municipal Alsério Kasimirski afirmou que os equipamentos "são um antigo sonho que agora é real".
A governadora explicou à população que foi ouvi-la, no galpão de exposições do festival, que a entrega de máquinas está sendo feita em todos os 143 municípios do Estado. Na sexta-feira (21), por exemplo, ela entregou equipamentos para Nova Ipixuna, Goianésia e Tailândia. "Estamos fazendo a entrega sem discriminar nenhuma cidade, não importando de qual partido o prefeito seja. Entendemos que quando se discrimina um prefeito, quem sofre é a população", declarou a governadora.
O maquinário vai servir principalmente para abrir novos ramais e vicinais na zona rural do município. Mas, Ana Júlia ressaltou que os caminhões e tratores também serão empregados em melhorias da área urbana. "Sabemos o quanto é importante para Floresta do Araguaia que tem centenas de quilômetros de vicinais. Esses equipamentos vão permitir um melhor escoamento da produção de abacaxi e outros produtos cultivados aqui", comentou.
O programa foi lançando no final do mês de abril, no Estádio do Mangueirão, e está distribuindo 503 equipamentos para todas as 143 cidades paraenses. São 150 caçambas, 118 Pás carregadeiras, 117 patrol/motoniveladora, 118 tratores de pneus. Com o Faz Estrada, o governo investe quase R$ 150 milhões em transporte e melhorias nas áreas rurais e urbanas.
O prefeito Alsério destacou que o Governo Popular tem outros investimentos na cidade, como os cinco quilômetros do programa Asfalto Participativo, a instalação do sinal de transmissão da TV Cultura e três patrulhas agrícolas repassadas pela Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), com previsão para entrega de mais duas.
O gestor lembrou ainda o aumento do efetivo da Polícia Militar, feito durante o governo de Ana Júlia, como também o investimento em educação com nomeação de novos professores para a rede pública de ensino e a recuperação de 1500 quilômetros de vicinais.
A grande satisfação do povo de Floresta, no entanto, é com as obras da Vicinal do Bambu, a PA-449, que liga a cidade até a PA-150, dando acesso para a escoação não apenas do principal produto do município, o abacaxi, como também das demais mercadorias, como carne e outros cultivos.
A estrada está sendo drenada e o trabalho de terraplenagem está praticamente concluído. A governadora Ana Júlia Carepa garantiu que, em breve, o asfalto será uma realidade na vicinal do Bambu, colocando um fim às dificuldades de transporte da população de Floresta.
No Festival do Abacaxi, a governadora também recebeu pedidos, como mais asfalto para cidade e intermediação para que seja instalada uma agência do Banco do Brasil na cidade. A governadora explicou que as parcerias estão sendo firmadas para ampliar o programa Asfalto Participativo.
Acerca de novos benefícios para a população, Ana Júlia assinalou a importância da aprovação do empréstimo de 366 milhões de reais pelos membros da Assembléia Legislativa. O recurso foi liberado pelo presidente da República para compensar perdas advindas da crise econômica mundial de 2009 e início de 2010.
"Os recursos que hoje permitem eu entregar essas máquinas também foram aprovados pela Assembléia. Esse empréstimo já está há seis meses para ser aprovado e até agora nada. A população precisa saber quais os deputados que estão prejudicando o povo do Pará com essa demora", disse Ana Júlia.
A governadora destacou ainda que esteve na superintendência do Banco do Brasil e expôs a necessidade de instalação de uma agência em Floresta do Araguaia. "O superintendente me garantiu que vai priorizar a instalação da nova agência aqui no município", ressaltou ela. Com a unidade, a população florestense poderá ter acesso aos programas de fomento rural sem precisar se deslocar à Redenção ou Rio Maria.
A governadora se despediu da população de Floresta do Araguaia indo prestigiar a concentração da tradicional cavalgada, que marcou o segundo dia da 17ª edição do Festival do Abacaxi.

Nenhum comentário: