domingo, 25 de abril de 2010

Municípios do Pará se mobilizam para realizar a Conferência Estadual de Esporte.

Mostrar a relevância do esporte e saber o que os municípios estão articulando para por em prática seus projetos são os principais pontos debatidos nas Conferências Municipais de Esporte no Pará. 30 municípios paraenses já foram visitados, de um total de 60 onde haverá o encontro. "Essas conferências estão tendo uma grande mobilização, tanto de desportistas, sociedade civil e poder público. Percebemos que há um grande interesse das pessoas em participar dos debates", afirmou o coordenador de mobilização das Conferências Municipais, Ketno Lucas. "É importante que, principalmente, a sociedade civil participe dos debates, juntamente com os governantes locais para discutirem como serão divididos os investimentos em cada área", completou.
As conferências trabalham em cima de dez linhas estratégicas: O Sistema Nacional de Esporte e Lazer; Formação e Valorização Profissional; Esporte, Lazer e Educação; Esporte, Saúde e Qualidade de Vida; Ciência, Tecnologia e Inovação; Esporte de Alto Rendimento; Futebol; Financiamento do Esporte; Infraestrutura Esportiva; e Esporte e Economia. "Essas linhas são os pontos que norteiam as conferências", disse Ketno.
Cada conferência é regida por uma comissão organizadora, que tem a finalidade de aparelhar com infraestrutura o evento. Outro aspecto que compõe a conferência são as escolhas dos delegados que representarão os municípios na Conferência Estadual. O número de representantes varia de acordo com a população de cada cidade: Belém, por exemplo, com uma população de 1.437.600, tem direito a 100 delegados; os municípios entre 300.000 e 1.400.000, 50 delegados.

Nenhum comentário: