segunda-feira, 5 de abril de 2010

Deu no Blog do Bordalo: Mais um crime do latifúndio.

Dia 31 de março, aniversário de 46 anos do golpe militar de 1964, latifundiários do Sul do estado fizeram de novo o que mais têm feito antes, durante e depois da ditadura: assassinaram um sindicalista rural. Por encomenda dos ruralistas, pistoleiros de aluguel mataram com cinco tiros o líder sindical Pedro Alcântara de Souza, da Federação da Agricultura Familiar - FETRAF. Situação esta que já é insustentável.

Em busca da paz e da segurana no campo, inclusive para negócios, precisamos enfrentar de uma vez por toda a grilagem, principal causa dos conflitos agrários no nosso estado. Eu mesmo já apresentei um requerimento de CPI neste sentido. Uma boa luta para este ano, onde dois projetos ficarão claros para a população. Um deles, o tucano, conivente e omisso diante de casos como este do assassinato do companheiro Pedro.

Nenhum comentário: