segunda-feira, 5 de abril de 2010

As vezes é preciso dar o peixe também..

As 29 familias assentadas no ramal Guarimanzal na comunidade de Pau de Remo em Santa Luzia do Pará, aguardam o posicionamento do INCRA - Belém para que seja resolvida a situação dos trabalhadores rurais despejados da fazenda Cambará cujo proprietário é o sr. Josué Bengtson.
O ex-deputado federal do Pará e pastor-presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular no Estado, Josué Bengtson, foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público Federal em Mato Grosso, por envolvimento na máfia dos sanguessugas, além de ter sido enquadrado nos crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é acusado de colocar emendas no Orçamento-Geral da União para a compra de ambulâncias superfaturadas em esquema ilegal liderado pela empresa Planan.


Preocupada com a situação em que se encontra os assentados a Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Pará distribuiu peixe aos trabalhadores rurais, durante a semana santa e garantiu para cada familia o repasse mensal do Fundo de Assintência Social, além do cadastro nos diversos programas de transferência de renda como o Bolsa Familia  e outros mais.


Nenhum comentário: