sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Benefícios do ProJovem Urbano chegam a mais 22 municípios do Pará:

O Pará apresenta um dos melhores índices de desempenho do ProJovem na avaliação do governo federal, destacou a governadora Ana Júlia Carepa na tarde desta quinta-feira (11), no Palácio dos Despachos, onde aconteceu a solenidade de assinatura do Termo de Cooperação Técnico-Operacional com as prefeituras dos 22 municípios que estão aderindo à etapa 2010 do programa.
"Graças ao sucesso que foi o programa em nosso Estado, que teve uma das menores taxas de evasão, conversei com o presidente Lula e com o ministro Luiz Dulci, e disse: o Pará merece uma quantidade maior de bolsas. E nós conseguimos. Mais 12.800 jovens vão integrar o ProJovem Urbano em mais 22 municípios", informou a governadora.
Ela destacou ainda que, por mais que se façam investimentos em segurança pública e infraestrutura, é importante dar oportunidade aos jovens para que possam assumir os postos de trabalho e escapar da criminalidade. "Não adianta reconstruir esse Estado na área da infraestrutura, se não prepararmos nossos recursos humanos, se não dermos oportunidades à nossa juventude", enfatizou.
"Eu só tenho a agradecer ao governo do Estado pelo ProJovem. Eu estava há nove anos sem estudar, e não sabia por onde começar. Agora, estou preocupado em saber onde vou cursar o ensino médio", declarou o jovem Cleiton de Jesus, conhecido por "Maka Rap", aluno do ProJovem do município de Bragança, no nordeste paraense. Cleiton é um dos 8.500 jovens que ingressaram na etapa 2008 do programa, que no Pará é administrado pelo governo estadual nos municípios com menos de 200 mil habitantes.
Oportunidade - O ProJovem é destinado a pessoas com idade entre 18 e 29 anos, que não concluíram o ensino fundamental. Os beneficiários recebem uma bolsa de R$ 100,00 durante um ano e meio. A meta do programa é oferecer aos jovens a conclusão do ensino fundamental e cursos profissionalizantes, para que possam ingressar no mercado de trabalho.
"O ProJovem é um programa que tem uma taxa de evasão altíssima, mas este não é um problema do programa no Pará, pois temos o compromisso com esta política, por acreditarmos que este tipo de política dá certo", disse o secretário Claúdio Puty, chefe da Casa Civil. "O ProJovem, o Bolsa Trabalho e as demais políticas sociais do nosso governo estão mudando o presente das pessoas", completou.
Participaram da solenidade os prefeitos de Aurora do Pará, Bujaru, Concórdia do Pará, Eldorado do Carajás, Goianésia do Pará, Igarapé-Açu, Ipixuna, Itupiranga, Jacundá, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Parauapebas, Santa Luzia do Pará, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia, Ulianópolis e São João de Pirabas, além do prefeito de Salinópolis, Vagner Santos Cury, dos deputados estaduais Bernadete ten Caten e Alessandro Novelino, e dos secretários de Estado de Cultura, Edílson Moura, de Integração Regional, André Farias, e de Assistência e Desenvolvimento Social, Eutália Rodrigues.

Nenhum comentário: